Coamo 47 anos, a força do homem do campo
27/11/2017 - 10h17 em Indústria e Agricultura

 

A Coamo Agroindustrial Cooperativa comemora nesta terça-feira (28), 47 anos de fundação. Para celebrar a data, será realizada uma cerimônia com a diretoria, cooperados e funcionários na Administração Central em Campo Mourão, e em todas as unidades da cooperativa no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

 Na Coamo, trabalho, profissionalismo, honestidade e união são valores cultuados desde a fundação da cooperativa. Tudo é planejado com visão de futuro, buscando agregar maior valor à produção dos cooperados. O segredo de todo o sucesso está alicerçado em quatro fatores básicos: a política de capitalização, a estabilidade administrativa, o apoio incondicional dos cooperados e a harmonia existente entre a diretoria, cooperados e funcionários.

 “O firme propósito de consolidar cada vez mais os compromissos com a comunidade, seja ela interna ou externa, tem levado a Coamo a um caminho cada vez mais sólido de construir uma cooperativa capaz de enfrentar todos os desafios dos novos tempos”, afirma José Aroldo Gallassini, diretor-presidente da Coamo. À frente da administração da cooperativa desde o seu início, Gallassini diz que a Coamo se transformou na grande força do homem do campo.

 A cooperativa é uma das maiores da América Latina, respondendo por 3,5% de toda a produção nacional de grãos e fibras e 16% da safra paranaense. O forte relacionamento com o quadro social tem garantido à Coamo resultados cada vez mais expressivos. “Os bons resultados geram tributos, empregos e divisas, e contribuem para o desenvolvimento do nosso país”, comemora Gallassini.

 Entre as estratégias da Coamo para ganhar mercado estão projetos que aumentar a produtividade, gestão e renda dos associados, e também constantes investimentos na agroindustrialização. Foram iniciadas a primeira etapa do projeto que culminará em 2019 com mais duas novas indústrias da cooperativa em Dourados, no Mato Grosso do Sul, com as fábricas de esmagamento e processamento de soja e refinaria de óleo de soja.

“Nestes 47 anos de trabalho, o crescimento da Coamo foi constante, e conquistado com dedicação e perseverança. O desempenho dos associados e dos funcionários resulta na excelência das nossas atividades. A Coamo ficou mais forte e produzindo cada vez mais, demonstrando o resultado da união e de esforços com objetivos comuns que consolidam o crescimento sustentável”, conclui Gallassini.

FONTE: ASSESSORIA DE IMPRENSA

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!